logomarca logomarca logomarca

Gonzaga Chimbinho - uma história de luta em prol da cultura mossoroense

04 de Março de 2013


A cultura local perde o criador do Mossoró Cidade Junina

O professor, empresário e político Antônio Gonzaga Chimbinho perdeu a luta contra o câncer. Ele morreu no início da noite deste sábado (2) na UTI do Hospital Natal Center, na capital do Estado, onde estava internado havia dias. A família está nesse momento (21h) esperando a liberação do corpo para ser trazido para Mossoró. O velório será no Teatro Municipal Dix Huit Rosado, em Mossoró.
Gonzaga Chimbinho lutou contra câncer há mais cinco anos. Ele descobriu a doença quando ainda era presidente da Fundação Municipal de Cultura. A partir daí, iniciou o longo tratamento. No final de 2012, o quadro se agravou e a equipe médica conscientizou a família sobre a situação irreversível.
Antônio Gonzaga Chimbinho construiu história vitoriosa em Mossoró. É fundador da Livraria Independência, foi reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), na época Furrn, e foi presidente por 12 anos da Fundação Municipal de Cultura.
Foi na sua gestão que a então prefeita Rosalba Ciarlini (DEM) criou o Mossoró Cidade Junina e o Auto da Liberdade, eventos que colocaram Mossoró na agenda cultura do País.

Por tudo que fez pela cultura, Mossoró rendeu homenagem em 2012, na abertura do Mossoró Cidade Junina.
Na política, Gonzaga Chimbinho chegou a ser cogitado para disputar uma vaga na Assembleia Legislativa e de vice-prefeito de Mossoró, mas a sua marca ficou registrada ao conseguir eleger o cunhado Antônio Capistano deputado estadual.
Velório - O corpo de Gonzaga Chimbinho será velado no Teatro Municipal Dix-huit Rosado, a partir das 11h. O sepultamento está marado para as 17h, no Cemitério São Sebastião.


* Com informações: De Fato.com

© Livraria Indepêndencia - Todos os direitos reservados BLOG FACEBOOK TWITTER GOOGLE +